Microsoft Office 2021 será lançado em 5 de outubro

Microsoft Office 2021 será lançado em 5 de outubro

24/09/2021

A Microsoft lançou o Microsoft Office 2021, sua próxima versão perpétua do Microsoft Office, para clientes comerciais e prometeu o lançamento do Office 2021 para o consumidores finais para o dia 5 de outubro.

O Canal de Manutenção de Longo Prazo do Microsoft Office (LTSC) para Windows e Mac estará disponível para usuários comerciais e governamentais, fornecendo uma versão bloqueada do Office que não requer assinatura.

O Office LTSC foi projetado para empresas em setores regulamentados, onde os processos e aplicativos não podem ser alterados mensalmente, ou para fábricas que dependem do Office e desejam um software sem mensalidades. Ele não será fornecido com os recursos alimentados por IA e nuvem que são encontrados no Microsoft 365 e também não receberá novos recursos. A Microsoft dará suporte ao Office LTSC por cinco anos, e a empresa também se comprometeu com outra versão perpétua do Office para o futuro.

O lançamento do Office 2021 para o consumidor será muito semelhante ao LTSC, oferecendo um software sem atualizações de recursos. A Microsoft lista as seguintes adições ao Office LTSC, que também devem se aplicar ao Office 2021:

  • Foco em linha – semelhante a um modo de leitura para remover distrações e percorrer os documentos do Word linha por linha.
  • Função XLOOKUP – ajuda a encontrar coisas em uma tabela ou intervalo por linha em uma planilha do Excel.
  • Suporte a matriz dinâmica – novas funções no Excel que usam matrizes dinâmicas.
  • Modo escuro – todos os aplicativos do Office incluirão suporte para o modo escuro.

A Microsoft ainda, naturalmente, recomenda o Microsoft 365 para empresas e consumidores, que conta com mais de 300 milhões de usuários. A Microsoft anunciou recentemente seu primeiro aumento de preço para Microsoft 365 e Office 365, que entrará em vigor em março de 2022.

A Microsoft ainda não detalhou os preços do Office 2021, mas a empresa afirma que ele estará disponível em 5 de outubro, mesmo dia do lançamento do Windows 11.