Senhas : É o fim delas como conhecemos?

Senhas : É o fim delas como conhecemos?

13/12/2021

As senhas são um incômodo

Muitas senhas são um incômodo – quanto mais criar e lembrar códigos fortes que atendem a requisitos específicos. De acordo com o estudo de uso biométrico da Dell Technologies, criar, lembrar e alterar regularmente as senhas é considerado um aborrecimento para 62% dos trabalhadores dos EUA.

Esses resultados reforçam que, para a maioria de nós, a organização das senhas não é uma prioridade, e sim um incômodo. Se você reutiliza a mesma senha repetidamente, usa senhas fracas ou as escreve em uma nota adesiva, está fazendo exatamente o que dizem para não fazer. Para aumentar a segurança, as organizações normalmente exigem a atualização regular de senhas e que requisitos mínimos sejam cumpridos. No entanto, isso não impede que os funcionários tenham comportamentos que comprometam a segurança por conveniência.

Então, se a maioria das pessoas entende a importância de senhas fortes, mas ninguém se sente obrigado a mantê-las atualizadas e protegidas, qual é o futuro das senhas?

 

Biometria

A ideia de usar a biometria para identificar um indivíduo tem séculos. Há evidências de que as impressões digitais eram usadas como marca de uma pessoa já em 500 a.C., e que a tecnologia biométrica existia várias décadas antes. No entanto, foi apenas no início dos anos 2000 que essa tecnologia realmente começou a aparecer nos dispositivos do usuário final e, hoje, a maioria das pessoas está familiarizada com o uso da biometria para desbloquear seus dispositivos e aplicativos. O que parecia uma novidade apenas alguns anos atrás, quando vimos pela primeira vez as pessoas simplesmente olhando para seus smartphones para desbloqueá-los, tornou-se comum.

À medida que a biometria continua ganhando popularidade como uma forma conveniente e segura de reconhecimento de usuário, a senha tradicional se tornará muito menos atraente para os consumidores e empresas. Além disso, a tecnologia que permite a biometria continua a avançar com uma melhor tecnologia de sensor e o uso de algoritmos de correspondência baseados em IA. Isso resulta em uma melhor experiência do usuário e, ao mesmo tempo, aprimora o modelo de segurança.

O Biometrics Usage Study descobriu que nas empresas dos EUA onde PCs com segurança biométrica estão disponíveis, cerca de 80% dos funcionários relatam usar o recurso e 64% dos funcionários que atualmente não têm esses recursos disponíveis disseram que os usariam se oferecido. E isso não é apenas por conveniência: os funcionários também acreditam que esses recursos podem ajudar a manter os dados da empresa seguros. Isso, por sua vez, aumenta a confiança entre os administradores de TI de que os dispositivos e usuários em sua rede são autênticos.

Mas você pode estar se perguntando: por que o uso da biometria é mais seguro do que as senhas? As senhas fortes são projetadas para serem difíceis de adivinhar ou replicar, mas mesmo as senhas mais complexas podem ser roubadas ou comprometidas. Para proteger as identidades dos usuários, o uso da autenticação multifator é cada vez mais necessário para o acesso do usuário. A biometria desempenha um papel crítico na autenticação multifatorial como o mais difícil de replicar dos três fatores possíveis de autenticação, que são: algo que você sabe (sua senha alfanumérica), algo que você possui (seu dispositivo ou token de segurança) e quem você é (sua impressão digital ou rosto). Conectar a autenticação à correspondência biométrica de um usuário cria o cenário mais difícil para um cibercriminoso.

Dada a abertura geral dos funcionários para alavancar os recursos de segurança biométrica em PCs, há uma oportunidade real para a adoção da biometria continuar aumentando, especialmente à medida que a Geração Z entra no mercado de trabalho. Esses nativos digitais cresceram acostumados a usar leitores de impressão digital ou reconhecimento facial em seus smartphones e provavelmente não pensariam duas vezes antes de usar a mesma tecnologia em seus PCs e outros dispositivos. É hora de as organizações avaliarem como estão lidando com a segurança nos dispositivos dos funcionários e considerar a incorporação de biometria para o próximo ciclo de atualização do PC.

 

E como ter uma maior proteção agora, com as senhas?

Ainda temos um longo caminho a percorrer até que as senhas se tornem obsoletas, mas conforme a tecnologia biométrica se torna mais sofisticada e amplamente adotada, é apenas uma questão de tempo até que possamos esquecer felizmente como lembrar de senhas complicadas sem comprometer a segurança. Até lá, existem maneiras simples de todos nós “sermos cibernéticos” e mantermos os nossos dados protegidos, incluindo:

  • Tenha um gerenciador de senhas para criar senhas fortes e armazená-las em um local seguro;
  • Tenha a autenticação de dois fatores ativada em todos os serviços em que ela estiver disponível, bem como certificados digitais para verificação de identidade e comunicação segura.

 

Com informações da Dell Technologies.

 

A Softwaresul é Dell Gold Partner e trabalha com os mais sofisticados e atuais hardwares Dell para a sua empresa.

Entre em contato agora clicando aqui e solicite o seu orçamento de desktops, ou, se preferir, solicite o orçamento para notebooks clicando aqui.

Gostou deste conteúdo? Acompanhe a Softwaresul nas redes sociais: Facebook, Instagram e LinkedIn.